Cointelegraph

Token 2049: Vitalik Buterin diz que casos de uso da blockchain não financeiras são um ‘campo mais difícil’

Vitalik Buterin diz que as aplicações da blockchain fora das finanças enfrentam mais dificuldades para ganhar tração.

O cofundador da Ethereum (ETH) Vitalik Buterin, diz que as aplicações da blockchain fora do setor financeiro enfrentam mais dificuldades para ganhar força, já que o principal valor agregado que elas oferecem é a descentralização. Buterin fez seus comentários durante um discurso no evento de cripto Token 2049 em Hong Kong em 13 de março.

Buterin começou observando que as finanças são “realisticamente a primeira [aplicação da] blockchain que provavelmente alcançará a adoção em larga escala”, e que mesmo sendo um grande fã autodeclarado de outras aplicações:

“O problema é que a descentralização é basicamente o valor agregado. Nas finanças, você está competindo com bancos que levam cinco dias para fazer algo interessante. Com qualquer coisa que não seja financeira, provavelmente há alguma coisa na internet que faz o que você quer, só que issoé centralizado. Então é um pouco mais complicado.”

Como exemplos de áreas onde a blockchain pode pegar além da financeira, Vitalik citou identidade digital, reputação e certificados digitais em particular – todos os quais têm casos de uso que não estão necessariamente confinados ao uso de criptomoedas ou mercados financeiros.

Em seu discurso sobre o estado atual da adoção da blockchain, Buterin apelou aos participantes do evento para identificar aplicações no mundo real que estão se desenvolvendo “não apenas na teoria, mas na prática”. Exemplos da audiência incluíam microsseguros, tokens não fungíveis e jogos.

No segundo discurso, Buterin disse que, enquanto muitas pessoas estão comprometidas com a inovação blockchain a partir de sua convicção de que ela pode resolver problemas reais com impacto social positivo, casos de uso de entretenimento como jogos são áreas valiosas onde a tecnologia pode atrair um grande número de primeiros adotantes.

Falando de seus compromissos pessoais, Buterin destacou os aplicativos descentralizados (DApps), que permitem que múltiplos atores compartilhem e cooperem em aplicativos baseados em um protocolo blockchain subjacente e descentralizado.

Ele propôs que o caso de uso dos DApps pode potencialmente redesenhar a tecnologia existente e o cenário de energia ao alavancar um ecossistema descentralizado para permitir que players menores competissem com os monopólios dos gigantes de tecnologia.

Em uma entrevista recente, Buterin declarou que estava tentando resolver a funcionalidade limitada do Bitcoin (BTC) com a criação da Ethereum. Ele comparou a capacidade do Bitcoin de fazer uma coisa e fazê-la bem, com a aspiração de tornar o Ethereum mais parecido com um dossel para aplicativos que podem fazer quase qualquer coisa.