Livecoins

Novo presidente do BC faz elogios à tecnologia blockchain

A tecnologia blockchain pode significar uma verdadeira reestruturação da economia de um país. Parece que esse é o entendimento do novo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. Durante a solenidade de primeiro discurso empossado, o novo presidente do BC fez elogios à tecnologia blockchain.

Em um mundo digital, o dinheiro de papel pode ser considerado pré-histórico. A moeda em papel vigora em todos os países, mas sua popularidade pode estar com os dias contados. Cada vez mais o mundo caminha para uma digitalização completa da economia global, que ainda é centralizada e utiliza sistemas rudimentares, como as notas de papel, por exemplo.

Tecnologia blockchain pode significar redução de custos

De acordo com Roberto Campos Neto, a tecnologia blockchain pode significar a redução de custos. Transações envolvendo ativos através desta tecnologia já demonstraram redução em custos e maior rapidez no processamento de dados. Reconhecendo as prerrogativas da blockchain, Campos sinalizou que é amigável à esta tecnologia.

O novo diretor do BC também falou sobre soluções tecnológicas que desafiam o mercado financeiro tradicional. Neste caso, Campos salientou sobre a importância da regulação de fintechs no país, como uma forma de apoio a negócios deste setor que começam a fazer sucesso funcionando como bancos digitais.

Estiveram presentes na solenidade ainda, o ministro da economia Paulo Guedes. Em mais de uma hora de discurso, o novo diretor do BC destacou os próximos pontos da economia brasileira que devem ser explorados. Além de novas tecnologias, Campos frisou a importância da manutenção de um comércio exterior expressivo para fortalecer a economia no país.

Gestão de novo presidente deverá ser mais participativa

Ainda sobre os avanços tecnológicos, o BC poderá ter uma abertura maior em relação ao seu desenvolvimento. Campos citou, por exemplo, o termo ‘open banking’, onde aplicativos podem ser desenvolvidos por terceiros com ligação direta ao sistema financeiro central brasileiro. Isso significaria maior envolvimento do órgão com novas tecnologias.

Além disso, a gestão do novo presidente do BC busca maior integração com a sociedade. O governo anunciou também que deverá adotar medidas para que investimentos em ações se popularizem no país. Desse modo, espera-se uma proposta de uma tributação mais simplificada, atraindo novos investidores.

Saiba mais em Novo presidente do BC faz elogios à tecnologia blockchain